05 abril 2009

Vegan / Veganismo

Olá, amores...
Já estou em casa, cheguei sexta à noitinha.
Mágoas e lágrimas desabafadas, lições aprendidas, agora bola pra frente e vamos seguir com nosso blog. =]

Hoje trago para vocês um pouco de um conceito bem bacana. Não sei se já observaram em alguns posts que foi citado o termo Vegan.

Alguém sabe do que se trata?
Se não sabe, vai saber agora, hehehehe!

Veganismo é uma filosofia de vida motivada por convicções éticas com base nos direitos animais, que procura evitar exploração ou abuso dos mesmos, através do boicote a atividades e produtos considerados especistas.

Etimologia: O termo inglês vegan (pronuncia-se vígan) foi criado em 1944, numa reunião organizada por Donald Watson envolvendo 6 pessoas, onde ficou decidido criar uma nova sociedade (The Vegan Society) e adotar um novo termo para definir à si próprios.
Trata-se de uma corruptela da palavra "vegetarian", em que se consideram as 3 primeiras letras e as 2 últimas para formar a palavra vegan.

Em português se consideram as três primeiras e as três últimas letras (vegetariano), na formação do termo vegano (s.m. adepto do veganismo - fem. vegana). Tem sido usado também o termo veganista para se referir aos adeptos do veganismo.

Ideologia: Os veganos não consomem quaisquer produtos de origem animal (alimentares ou não), nem usam produtos que tenham sido testados em animais ou que incluam qualquer forma possível de exploração animal nos seus ingredientes ou processos de manufactura.
Para o vegano, animais não existem para os humanos, assim como o negro não existe para o branco nem a mulher para o homem. Cada animal é dono de sua própria vida, tendo assim o direito de não ser tratado como propriedade (enfeite, entretenimento, comida, cobaia, mercadoria, etc). Dessa forma veganos propõem uma analogia entre especismo, racismo, sexismo e outras formas de preconceito e discriminação. Preferem usar os termos "animais não-humanos" ou "seres sencientes", em vez de "irracionais".

Alimentação: São vegetarianos estritos, ou seja, excluem da sua dieta carnes, gelatina, lacticínios, ovos, mel e quaisquer alimentos de origem animal. Consomem basicamente cereais, frutas, legumes, vegetais, hortaliças, algas, cogumelos e qualquer produto, industrializado ou não, desde que não contenha nenhum ingrediente de origem animal.

Vestuário, adornos, etc: Artigos em peles, couro, lã, seda, camurça ou outros materiais de origem animal (como adornos de pérolas, plumas, penas, ossos, pêlos, marfim) são preteridos, pois implicam na morte e/ou exploração dos animais que lhes deram origem. Sendo assim, um vegano se veste de tecidos de origem vegetal (algodão, linho, etc) ou sintéticos (poliéster, etc).

Medicamentos, cosméticos, higiene e limpeza: Evitam o uso de alguns remédios alopáticos, por serem testados em animais. Podem optar pela fitoterapia, homeopatia ou qualquer tratamento alternativo. Alguns não tomam vacinas ou soros, mas podem violar os princípios veganos quando alternativas não estiverem disponíveis, ou em caso de emergência ou urgência.
O vegano defende o surgimento de alternativas para experiências laboratoriais, como testes in vitro ou cultura de tecidos. São divulgadas entre a comunidade vegana extensas listas de marcas e empresas de cosméticos e produtos de limpeza e higiene pessoal não testados em animais.

Entretenimento: Circos com animais, rodeios, vaquejadas, touradas e jardins zoológicos, são também alvo de críticas pois implicam em escravidão, posse, deslocamento do animal de seu habitat natural, privação de seus costumes e comunidades, adestramento forçoso e sofrimento.
Não caçam, não promovem nenhum tipo de pesca, e boicotam qualquer "esporte" que envolva animais não-humanos. Muitos seguem o princípio político da não-violência.

...

Para ver a lista de empresas que não testam em animais, é só dar um clique aqui: PEA - Projeto Esperança Animal

Vamos cuidar da nossa natureza para ela cuidar da gente, galera! ;D

Beijinhos… ;**

6 comentários:

  1. Eeee...adorei o post!!! Vamos ter um pouquinho de consciencia.... pensar no que acontece com os animais antes de entrarem no nosso prato, roupas e afins.... pense: nós temos alternativas, eles não!

    ResponderExcluir
  2. Nossa, eu sou vegana e caí aqui totalmente por acaso (e estou lendo há um tempão já, comecei nos arquivos de fevereiro, e de repente caí nesse post)!

    Tenho cabelo cacheado, não quero mais alisar (já fiz escova por tempo suficiente na vida), estou procurando cabelereiro que entenda isso (nossa, muito difícil! Todo mundo sabe fazer cortes que ficam maravilhosos... desde que eu faça escova. Senão, sempre com cara de descabelada) e produtos pra fazer em casa (até existem produtos veganos, mas ainda é um pouco limitado...).

    Nossa, tem MUITA coisa boa nesse blog. E muitas receitas adequadas pra veganos (o gel de linhaça, o spray de lavanda, óleos essenciais, etc).

    Estou imprimindo TUDO. Vai virar guia de referência. E parabéns.

    Mas, agora, a pergunta inevitável... E esses produtos DevaCurl? São Veganos?

    Bjo!

    ResponderExcluir
  3. Renata, ficamos muito felizes e agradecemos o seu comentário!

    Seja sempre bem vinda em nosso espaço.

    Adotamos o conceito Vegano para cuidar dos nossos cabelos cacheados com produtos veganos, nada que polua o meio ambiente ou tenha origem e faça um animal sofrer. E estamos querendo passar isso à frente, pois é possível sim se ter um cabelo saudável e bonito, e ainda contribuir com a preservação do nosso meio ambiente.

    Sim, os produtos DevaCurl também fazem parte do segmento Vegano, são todos de origem vegetal, não testados em animais e seus componentes não prejudicam as águas e o meio ambiente, pois são todos solúveis em contato com água. Os produtos são 100% botânicos. E agora, estão todos sem parabenos e receberão um selo Vegan. =D

    Realmente é bem complicado encontrar um cabeleleiro que saiba cuidar de cabelo cacheado. Mas onde vc mora? De repente, posso te ajudar a encontrar algum. =]

    Muito obrigada pelo contato, e fique à vontade para qualquer dúvida, ok??

    Bjuu =**

    ResponderExcluir
  4. Olá Dezinha, obrigada pela resposta. Estou divulgando numa comunidade vegana, com certeza muita gente vai se interessar (existem pouquíssimos tratamentos de salão que respeitam a filosofia vegana. Infelizmente).

    Eu moro em Valinhos. Mas acabo resolvendo minha vida em Campinas-SP. Se tiver alguma indicação eu agradeço.

    Bjo!

    ResponderExcluir
  5. Renata, muito obrigada pelo apoio.
    realmente é bem difícil ver salão preocupado e q ofereça tratamento a um cabel cacheado, e mais difícil ainda é ver o mesmo se preocupar com o meio ambiente.

    Como aqui no Brasil esse assunto e essas opções são bem difíceis, abrimos o blog para espalhar a idéia e mostrar ao pessoal os tratamentos que vamos encontrando, principalmente o Deva.

    Em SP, eu te indico duas opções de salões com o tratamento:

    O Red Door na Vila Nova Conceição, em SP/SP, o fone é: (11) 30455586 e o email: reddoor@reddoor.com.br

    E o Life Hair Clinic em Moema, SP/SP. O fone é: (11)50411720. ;)

    Qualquer dúvida, fique à vontade!

    Obrigada!

    =**

    ResponderExcluir
  6. Nossa achei teu blog por acaso, e fiquei mto contente por ter dicas de produtos veganos! Meu cabelo é onddulado , mas fazia escova todo dia, e depois comecei usar chapinha, resultado: cabelo detonado!
    e estou em busca de produtos para tratá-lo melhor, e deixa-lo ao natural, mas teriam que ser produtos veganos, e agora ficou mais fácil com as dicas que peguei aqui!!
    Parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita em meu blog e pelo comentário.
Te responderei assim que possível. ;)

Espero que volte mais vezes!